Minha foto
Uberlândia, Minas Gerais, Brazil
não deixo de lado uma cerveja e todos os prazeres etílicos. não gosto de sexismo, nem de física ou química; gosto de fotografias de crianças, mas me incomodo quando vejo um bando desses na rua, tenho tocs como a maioria. adoro o tempo nublado, detesto sol, detesto chuva, praias e verão, brigo por coisas estúpidas, sou estúpido. gosto de agradar quem eu gosto, e ás vezes, com isso, me fodo. gesticulo e às vezes falo alto, sou um pouco egocêntrico. não tenho o mínimo orgulho de ser brasileiro, e de ter nascido em patos de minas, muito menos me incomodo com isso, simplesmente não ligo. sou bobão, falo coisas que você poderia ter ido dormir hoje sem precisar ter ouvido, e olhando por esse lado devo ser meio insensível, penso. ajo por impulso. poderia viver comigo pra sempre, mas eu sempre te surpreenderia, e essa é uma das minhas únicas certezas.

terça-feira, 4 de agosto de 2009

maçana caramelissada



não faz muito tempo estávamos na sala vendo tv quando me deu uma vontade de comer a maçã do amor que tinha comprado. levantei para pega-la e não passado muito tempo tive que ir embora. alguns dias mais tarde esse minha amiga que estava comigo naquela dia veio dizendo que o namorado dela, que também estava lá, falou de mim quando sai. logo preucurei saber o que ele tinha dito, sabendo-se que ele é uruguaio ele teceu o seguinte comentário com ela:
- thayana, por acasso aquele menino que estáva aqui com tigo é gay?
- é diego, porquê?
- no, no, no... assim yo no tinha percebido que ele eras ate quando levantastes e disseste que ia pegar una "maçana del amor"...
- [engasgada no próprio riso] não diego, mas é maçã do amor que fala mesmo.
- maçana del amor... maçana del amor... que coisa mais de viado é essa, é maçana caramelissada que fala pôxa.


nota: tal vez ele tinha pensado que eu falei que ia pegar algo como uma "água da alegria" ou um "suco da amizade".

rs

Nenhum comentário:

Postar um comentário